Arquivo

Archive for the ‘cristianismo’ Category

Onde está o bom samaritano?

“Faça isso e viverá” (Lc 10:28b)

A meses penso neste nome: Nelson França.
Era vigilante, pai de três filhos.
Ao ver as notícias nos jornais alguns meses atrás de que um homem que agonizava em frente a um hospital [1], algumas coisas me chamaram a atenção.
– Primeiro não há como não notar que existiram imagens registradas por pelo menos duas fontes diferentes (celulares talvez);
– Segundo, várias pessoas fazem comentários nas filmagens;
– Terceiro, e mais chocante, que enquanto tudo se passava, seja por 30 minutos ou por mais de uma hora como afirmam algumas fontes, enquanto aquele corpo não parou de se mexer, ninguém fez nada [2].

Imediatamente me veio a mente a história trazida por Jesus para ilustrar aos mestres da lei um conceito que lhes era estranho: o amor ao próximo.
O mistério revelado a Paulo (Ef 3:3), antes a Pedro (At 10:34-35) e, antes pelo próprio Jesus através de seus exemplos e história, mostra que o evangelho é boa nova para todo aquele que crê.
Como mensagem de boas novas, a graça foi estendida não só a nação eleita mas, aos que creram e crêem (e crerão) na morte e ressurreição do filho de Deus.

Pois bem, diante do Mestre os mestres lhe perguntam quem é o próximo.
Me parece que todos que assistiram aquela cena, pensavam saber a resposta dessa pergunta, afinal, aquele homem não era “próximo” de ninguém que estava naquele hospital, que esperava por atendimento, que fazia a segurança, que atendia, ou, que o filmava, agonizante, por infinitos minutos.

O bom samaritano não enxerga o homem agonizante a beira da estrada com indiferença assim como seus antecessores que passaram por aquele caminho o fizeram.
O bom samaritano entende a dor do próximo, vê seu sofrimento, sua condição, e age com misericórdia.

Uma palavra antiga e que parece ter desaparecido do vocabulário contemporâneo, misericórdia “é a virtude que leva à compaixão pelos semelhantes. É a junção de duas palavras em latim: miseratum (compaixão) + cordis (coração). Assim, poder-se-ia entender literalmente misericórdia, como “coração compadecido” [3].

Como é possível acreditar que nos dias em que vivemos, na nossa geração, não encontramos mais em muitos lugares e situações corações compadecidos que agem ao invés de observar (e filmar!). Enfrentamos dias em que o amor já se esfriou (Mt 24:12).

Quantas situações ilustram a falta de misericórdia desde a morte do seu Nelson França? Quantas na nosso estado? e nossa cidade? e nosso bairro?
Ainda resta dúvida que o tempo está próximo?
Qual é o papel do crente em Jesus, do que aceitou a boa nova nos dias de hoje, diante de uma sociedade de coração frio, sem misericórdia?

Com certeza não é estar presente em situações como esta e não fazer nada.
Um vida se perdeu por falta de corações compadecidos. Quantas vidas ao nosso redor podem ser salvas com um pouco mais de misericórdia?

Não pergunte onde está o bom samaritano, seja o bom samaritano onde você está.

“…rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam”. Ef 4:1

Referências:
[1] http://goo.gl/VwD4FO
[2] http://goo.gl/WfAOqN
[3] http://goo.gl/rE7og2

Anúncios

Tiago 4

assista! vale a pena.

Categorias:cristianismo

MARCAS DISTINTIVAS DE UMA VERDADEIRA OBRA DO ESPÍRITO

MARCAS DISTINTIVAS DE UMA VERDADEIRA OBRA DO ESPÍRITO – I

MARCAS DISTINTIVAS DE UMA VERDADEIRA OBRA DO ESPÍRITO – II

MARCAS DISTINTIVAS DE UMA VERDADEIRA OBRA DO ESPÍRITO – III

MARCAS DISTINTIVAS DE UMA VERDADEIRA OBRA DO ESPÍRITO – IV

MARCAS DISTINTIVAS DE UMA VERDADEIRA OBRA DO ESPÍRITO – V

Categorias:cristianismo Tags:

Preciosidade do Tempo

Dê 9 minutos do seu precioso tempo para investir em você:

Categorias:cristianismo

Conversa de amigos

Certa vez eu ouvi uma ilustração interessante: dois homens debatiam sobre o sentido da vida e, onde colocar sua esperança. Um deles perguntou a seu colega  resistente a idéia de um Deus soberano:

– “O que eu perco se Deus não existir e, eu tiver acreditado nele até hoje?”.

Sem muita conversa o amigo responde:

– “Com certeza, você terá perdido parte de sua vida por ter acreditado Nele!” .

O amigo então conclui: ”

– E se você descobrir que realmente Ele existe? o que você terá perdido?”.

(…)

A história termina aqui.

Mas, a  resposta pra mim é esta: ” Terei perdido minha vida inteira”.

 

..mas vocês não crêem porque não são minhas ovelhas. As minhas ovelhas escutam a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem“. Jó 10:26-27

Categorias:cristianismo

há controvérsias

fui bombardeado esta semana em SP pela TV, jornais, revistas, com a teoria da evolução e, o confronto com a teoria criacionista.
bom,
que fique claro que sou cristão, evangélico, presbiteriano.
A igreja presbiteriana e seus membros são conhecidos no meio cristão e, até mesmo fora dele, como estudiosos da palavra. isso não é uma constatação minha. é da rede globo (RG), tendo em vista que o documentário de darwin exibido na globo news (GN), nesta semana, trouxe por diversos momentos opiniões do instituto mackenzie e, de grandes teólogos do meio presbiteriano como Augustus Nicodemus.

o que preocupa nesse debate são frases como: “tem gente que ainda acredita que o mundo foi feito em 06 dias” (dita durante as chamadas para os programas exibidos pela GN) ou, ainda, “os criacionistas acreditam em uma criação de 6 dias, negando as provas que se obtém dia-a-dia pela ciência”.

é complicado entrar nessa seara, porque, como cristão, frases como essa ou verdadeiras “espetadas”, machucam e, mostram a unilateralidade do “debate”.
A série foi miticulosamente feita para homenagear Darwin, o cientista, sem se preocupar em qualquer momento em esconder a parcialidade do debate.

olha que nem entramos na seara do debate mas, em como ele foi “conduzido”. não espera menos de uma rede que se preocupa e se aplica com tanto empenho e parcialidade também, nas questões anti-cristãs. Senão vejamos: alguém se lembra das malas de dinheiro da universal que foram aprendiadas em um avião com um deputado daquela igreja?
pois bem, o STF decidiu por devolver o dinheiro a igreja. essa notícia, por algum acaso, foi noticiada com a mesma enfase e enfoque dado a primeira?
cá não estmos neste mundo para julgar este ou aquele…. vejamos o seguinte: existem jornalistas corruptos? donos de emissoras então?? médicos, advogados, engenheiros???
porque não são só os pastores que sofrem desse mal… toda a classe social tem representantes que as denigrem.

voltando ao documentário, acredito eu que a informação é a melhor forma para decidir entre pontos “conflitantes”. Não é comentada na reportagem e, nem dado o mesmo espaço, para os cientistas contrários ao evolucionismo de Darwin. Pelo contrário, é como se este tivesse a última palavra no “debate”.

Digo “conflitantes” porque não é possível ao homem, descobrir a forma escolhida por Deus para criar este planeta, as pessoas, os seres vivos.. Só podemos conjecturar. E toda ideia, é apenas uma ideia. uma teoria que, assim como o Darwinismo, não tem provas concretas.

Vários cristãos e não cristãos contestam a teoria evolucionista. E, assim como esta, existem outras teorias, algumas aceitas por ambos os lados mas, mesmo assim cotestadas por não serem consideradas “ciência”. um exemplo é a teoria do design inteligente.
Michael Behe é o seu maior defensor.

Não li o seu livro, mas a base de sua tese é a seguinte: cada vez que olhamos mais fundo um organismo, mais complexo ele se torna, até não podermos mais explicá-lo sem um designer.

eu creio que esse designer é Deus. Ele quem criou o mundo e tudo o que nele há. A forma escolhida por Deus para iniciar sua criação é um mistério assim como muitos em sua palavra. Eu gosto de pensar no livro de deutoronomio 29:29 :
As coisas encobertas pertencem ao SENHOR nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.”

Os mistérios de Deus são Dele e, apenas Dele. Inquestionáveis pela fé. Eu creio, e você?

Alguns textos e sites para ler:

– BEHE, Michael. A Caixa preta de Darwin: o desafio da Bioquímica à teoria da evolução. Rio de Janeiro Jorge Zahar Editor, 1997.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Design_inteligente
http://www.answersingenesis.org/
http://www.icr.org/